Arquivos da categoria: FreeBSD

FreeNAS: desligando o servidor em caso de pane na refrigeração

O script a seguir foi desenvolvido após eu ter um problema no funcionamento da controladora dos fans do meu servidor FreeNAS que acabou por desligar todas as ventoinhas de refrigeração do gabinete que estavam sendo controladas pelo equipamento e como consequência, a temperatura dos disco rígidos subiram absurdamente. Felizmente eu estava em casa e percebi a falha, porém se eu estivesse na rua poderia ser tarde de mais…

O script monitora a temperatura dos HDDs do servidor e, caso a temperatura ultrapasse um valor pré-definido, o procedimento de desligamento automático do mesmo é iniciado. Continuar lendo

FreeNAS: alertas por email

Nesse post disponibilizo alguns scripts interessantes para ajudar na administração de servidores FreeNAS (ou FreeBSD) com a utilização de alertas enviados por email, sobre inicialização, reinicialização e desligamento do equipamento. Continuar lendo

FreeNAS: monitorando a temperatura dos HDs

4636-6b354d2384c8b9271f883700fae76febAo montar uma máquina que irá funcionar como um servidor de rede, este hardware deverá ficar ligado por várias horas consecutivas, mais provavelmente por semanas, meses ou até anos.

Uma das maiores preocupações – entre diversas outras existentes – é o monitoramento da temperatura de alguns componentes de hardware que possam vir a funcionar sob stress. Estes componentes variam de acordo com a finalidade do servidor de rede.

Em relação às temperaturas de um servidor NAS, normalmente esta preocupação recai sobre os discos rígidos (HDD). Continuar lendo

FreeBSD: autenticação SSH por Chave Pública

Meu servidor doméstico está executando o FreeBSD 10.1-RELEASE e como é uma máquina antiga e de “baixo custo” não possui interface gráfica instalada, mouse e nem mesmo monitor. As demais máquinas na minha casa rodam Windows. Então utilizo os softwares livres PuTTY (para acessar o servidor e efetuar tarefas administrativas) ou o WinSCP (para transferir arquivos).

Um dos principais problemas ao se liberar no firewall a porta SSH (22) de um servidor são os robôs que escaneiam a internet em busca destes servidores com o intuito de executar ataques de força bruta (brute force). Uma maneira fácil e eficaz de impedir que o ataque tenha sucesso em acessar este servidor é implementar a autenticação por chave pública no serviço de sshd do FreeBSD. Continuar lendo