Arquivos da categoria: Linux

Raspbian: Criando compartilhamentos com o Windows

Muitas vezes você pode precisar copiar arquivos, como músicas, fotos ou vídeos entre o Raspberry Pi e o seu PC doméstico que roda o sistema operacional Windows.

Em vez de usar pendrives para copiar os arquivos, uma opção muito mais fácil e mais segura é criar uma pasta compartilhada no Raspbian que poderá ser acessada pelo Windows.

Você pode criar pastas compartilhadas no Raspberry Pi e torná-las disponíveis para outros dispositivos na rede Windows usando um software chamado Samba. Continuar lendo

Raspberry Pi: Ajustando a hora do Plex Media Pleyer

Há algum tempo já existia o projeto RasPlex, que era basicamente um cliente desenvolvido e mantido por entusiastas da plataforma. Eu particularmente nunca me interessei muito por esse projeto justamente por não ser um “produto” oficial da Plex. Sendo assim, não tenho uma opinião formada a respeito do RasPlex.

Finalmente a Plex lançou uma versão oficial para Raspberry Pi do seu cliente. O Plex Media Player para sistemas embarcados.

Continuar lendo

Dual Boot: configurando o GRUB para lembrar o último sistema operacional usado

Esse post possui informações sobre como ajustar o gerenciador de boot GRUB2 para que ele “lembre” o último sistema operacional inicializado. Um exemplo onde essa configuração é muito útil: evitar a necessidade de acompanhar a inicialização do S.O. em situações que requerem vários boots seguidos, como ocorre na instalação de algumas atualizações do Microsoft Windows.

Continuar lendo

Linux Mint: instalando o Oracle SQL Developer 4

Esse pequeno post mostra os passos para se instalar a ferramenta Oracle SQL Developer no Linux Mint 18. Fiz esta configuração hoje, então as versões que instalei foram as mais recentes disponíveis: o Oracle SQL Developer 4.1.5 e o Oracle Java JDK 8u112.

Continuar lendo

Raspbian: utilizando o systemd para executar scripts durante a inicialização

Introduzido no Debian 7, o systemd agora é o sistema de inicialização padrão do Debian Linux (e possivelmente da maioria das distribuições baseadas no Debian, como por exemplo o Raspbian). Ele fornece monitoração avançada, registro e capacidade de gerenciamento de serviços.

Embora ele seja projetado como um substituto do sysvinit e, como tal, faça uso dos scripts de inicialização SysV já existentes, o pacote systemd pode ser seguramente instalado em conjunto com o sysvinit  e iniciado através da opção do kernel init=/bin/systemd. O pacote systemd-sysv fornece o substituto do /sbin/init.

Continuar lendo