TP-Link: Configurando NAT 2 no Playstation 3 com o TL-ER6120

O roteador TP-Link TL-ER6120 é um equipamento Gigabit VPN Dupla WAN da série SafeStream, sem WiFi integrado.

TP-Link TL-ER6120Entre suas principais características posso destacar:

  • 2 portas Gigabit WAN;
  • 2 portas Gigabit LAN;
  • 1 porta Gigabit LAN / DMZ e uma porta console;
  • Suporta vários protocolos VPN incluindo: IPsec/PPTP/L2TP;
  • Suporta até 100 túneis VPN IPsec com mecanismo VPN baseado em hardware;
  • Abundantes recursos de segurança incluindo: Inspeção ARP, Defesa DoS, URL / Filtro de Domínio e Controle de Acesso;
  • Emprega restrição com um clique das aplicações IM/P2P para gerenciar o comportamento dos usuário on-line;
  • Proteção profissional contra raios de 4kV.

Outras característica interessantes são:

  • Até 100 túneis VPN IPSec, com taxa de transferência VPN IPsec de 130Mbps;
  • IPsec, PPTP, L2TP, L2TP sobre IPsec;
  • IPsec NAT Traversal (NAT-T);
  • Criptografias DES, 3DES, AES128, AES192, AES256;
  • Autenticação SHA1, MD5;
  • Modo Manual, Modo de Gerenciamento Chave IKE;
  • VPN IPsec LAN-a-LAN, Cliente-a-LAN;
  • Servidor / Cliente VPN PPTP/L2TP;
  • Porta física DMZ configurável;
  • NAT um a um;
  • FTP/H.323/SIP/IPsec/PPTP ALG;
  • Bloqueio de Aplicações IM/P2P;
  • Filtragem de URL;
  • Filtragem do Conteúdo da Web (Java, ActiveX, cookies);
  • Inspeção ARP;
  • Defesa DoS / DDoS;
  • Equilíbrio Inteligente de Carrega;
  • Política de Roteamento;
  • Backup Link (Failover, Timing);
  • Controle de Banda Baseado em IP;
  • Garantia e largura de banda limitada;
  • Limite de Sessão Baseado em IP;
  • Porta VLAN com espelhamento de portas;
  • Roteamento Estático, RIP v1/v2;
  • Servidor PPPoE;
  • E-Bulletin.

Resumindo, é um equipamento muito versátil e com preço relativamente acessível. Para maiores informações sobre o produto, acesse o site do fabricante.

Pela grande quantidade de funcionalidades é de se esperar que as configurações sejam mais complicadas de serem feitas do que em roteadores vendidos normalmente no comércio de varejo.

Ao instalar o equipamento em minha rede residencial, não tive grandes problemas de configura-lo e deixa-lo funcionando… até… tentar configurar meu console Playstation 3 em NAT 2 (NAT Type 2).

Topologia após instalação do TP-Link TL-ER6120

Após definir um IP fixo para o Playstation 3 no TP-Link TL-ER6120, pesquisei bastante na internet quais portas eu deveria abrir para que o console conectasse corretamente na internet.

Após inúmeras pesquisas, diversas consultas à amigos que trabalham na área de redes de computadores e várias tentativas frustradas de configuração do roteador TP-Link TL-ER6120, resolvi seguir o conselho de um amigo e tentar isolar o problema para garantir que a minha dificuldade de configuração estava realmente no novo roteador.

Primeiramente liguei o Playstation 3 diretamente no PowerBox da GVT e efetuei o teste de conexão com a internet disponível no próprio sistema operacional do console:

Teste 01

O teste me retornou sucesso na conexão em NAT2, ou seja, o problema não estava no PowerBox GVT. Assim sendo, passei o teste para o próximo equipamento: o roteador TP-Link TL-ER6120.

Teste 2

Com esse segundo teste pude constatar que o problema era realmente a configuração do TP-Link TL-ER6120. Assim sendo, retornei o console para a sua conexão original na minha rede (conforme a segunda imagem desse post) e voltei a tentar configurar o equipamento.

A forma com que fiz funcionar o Playstation 3 em NAT2 com o TP-Link TL-ER6120 foi a seguinte:

Acessei a interface de configuração do roteador, depois a opção Advanced e NAT (menu vertical esquerdo) e em seguida a aba superior One-to-One NAT.

TL-ER6120 1:1 NAT

Preenchi os parâmetros da seguinte forma:

  • Mapping IP Address: [IP do Playstation] -> [IP no PowerBox]
  • Interface: WAN1 (Porta do roteador ligada ao  PowerBox)
  • DMZ Forwarding: Enable
  • Description: PS3-WAN1 (ou qualquer outro texto descritivo)
  • Status: Activate

Note que aproveitei para configurar outra conexão na porta WAN2, caso no futuro eu venha a utiliza-la.

Dessa forma, apesar do Playstation estar conectado fisicamente à um roteador, logicamente ele está ligado diretamente ao PowerBox GVT, conforme mostra o seguinte diagrama:

Topologia Lógica

Com esta configuração não foi necessário abrir nenhuma porta específica para o Playstation 3.

NAT 2 no Playstation 3

Deixe uma resposta