FreeNAS: monitorando a temperatura dos processadores

4636-6b354d2384c8b9271f883700fae76febAo montar uma máquina que irá funcionar como um servidor de rede, este hardware deverá ficar ligado por várias horas consecutivas, mais provavelmente por semanas, meses ou até anos.

Uma das maiores preocupações – entre diversas outras existentes – é o monitoramento da temperatura de alguns componentes de hardware que possam vir a funcionar sob stress. Estes componentes variam de acordo com a finalidade do servidor de rede.

Em relação às temperaturas de um servidor NAS normalmente esta preocupação, além de recair sobre os discos rígidos (HDD), também é ponto necessário de monitoramento a temperatura do processador (ou processadores) e seus núcleos.

Com o intuito de poder antecipar possíveis problemas com o sobreaquecimento do processador do meu servidor FreeNAS 9.3, adaptei um shell script que monitora a temperatura de todos os discos rígidos (HDDs) do sistema para possibilitar o monitoramento da temperatura do processador e seus núcleos e, em caso da temperatura ultrapassar um valor pré-definido, enviado um email de alerta para o meu endereço de email.

O script deve ser configurado no cron do servidor (o intervalo de execução do script pode variar conforme a necessidade do monitoramento).

Muito provavelmente o script irá funcionar, sem a necessidade de ajustes, no FreeBSD.

Uma informação muito importante:

Placas mãe com processador AMD normalmente não suportam este tipo de monitoramento!
Para fazer uso do script faz-se necessário que o servidor utilize placa mãe e processador com suporte à monitoramento de temperatura, o que por padrão os processadores Intel costumam suportar.

Abaixo temos o script:

Com este script, os email somente serão enviados caso a temperatura de algum processador (ou núcleo) seja maior do que a especificada na variável temp_max.

Para que o script funcione corretamente, deve-se obrigatoriamente alterar os parâmentros/variáveis: temp_max e email

No corpo da mensagem serão listados apenas os processadores/núcleos que devem ser verificados.

Exemplo de saída do script, com temp_max definida em 38 graus celcius:

2 Respostas para “FreeNAS: monitorando a temperatura dos processadores

  1. Boa tarde, amigo, desculpe a ignorancia, mas onde especificamente altero o valor para temperatura maxima? e no local onde coloco o e-mail, preciso retirar as ” ” ? Obrigado

    • Olá Pedro, tudo bem? O valor é configurado definindo o valor da variável “temp_max”. Como o endereço de e-mail é uma string, deve-se manter as aspas. Abraços!

Deixe uma resposta