Raspberry Pi: configurando o cliente no-ip

O NOIP é um provedor grátis de DNS dinâmicos. O DNS dinâmico é um sistema que permite que um nome de domínio Internet (algumacoisa.com) possa ser atribuído a um endereço IP dinâmico (que muda e não é sempre o mesmo). Uma vez que as mudanças dinâmicas de endereço IP ocorrem, o DNS dinâmico torna possível que os outros computadores na Internet estabeleçam conexões com essa máquina sem precisar saber o endereço IP real/atual.

O endereço IP é monitorado usando o software cliente de atualização dinâmica (DUC) do No-IP.com. Quando ocorrem as mudanças de endereço, o registro DNS é atualizado automaticamente e conexões feitas ao nome de domínio são enviados para o endereço IP correto, independentemente do qual seja esse novo endereço IP.

Este pequeno tutorial irá ajudá-lo a instalar o cliente NoIP no seu Raspberry Pi. Antes de prosseguir, você precisa visitar o site do NoIP (http://www.no-ip.com) e criar uma conta. Será necessário o nome de usuário e senha durante a instalação.

As instruções a seguir foram baseadas em um Raspberry Pi com o sistema operacional “blindado” conforme descrito no post “Raspberry Pi: tornando o Raspbian mais seguro“, ou seja, todos os comandos foram executados com a conta root. Caso o Raspberry Pi em questão esteja com o sistema operacional padrão, deve-se utilizar sudo antes dos comandos.

1. Criar um diretório para a instalação

2. Baixar o software cliente

3. Descompactar o arquivo

4. Compilar e instalar o software

Durante a instalação o software irá solicitar que seja digitado o seu nome de usuário e senha. Uma vez feito isso ele irá pedir o intervalo de atualização. Mantenha o valor padrão. Você será obrigado a responder a mais algumas perguntas…

5. Iniciar o cliente

6. Iniciar automaticamente o cliente durante o boot

Para conseguir que o software inicie automaticamente durante a inicialização do sistema, é necessário modificar o arquivo rc.local:

Após abrir o arquivo, localize as linhas (normalmente na parte final do arquivo):

Insira a linha abaixo entre estas linhas:

7. Verificando se o software cliente está rodando

Deixe uma resposta